Mourão Pneus

BLOG


07
Mai
2018
PORQUE É IMPORTANTE MANTER A PRESSÃO CORRETA DOS PNEUS?




Sabe como calibrar corretamente os seus pneus?
Já teve problemas com calibragem errada?
Achou que tinha feito à calibragem correta, e o seu pneu acabou sofrendo desgastes, e problemas que acabaram antecipando o fim da vida útil do seu pneu, etc. Saiba agora a maneira correta de calibrar os seus pneus.


            Quando se fala em cuidar dos seus pneus, deve-se ter atenção para melhorar e mais correta forma de calibrar os seus pneus para que eles não venham sofrer desgastes ou outros problemas que antecipe o fim da sua vida útil...
            Quando o pneu está devidamente calibrado, ele garante uma maior segurança na hora de conduzir o seu veículo, e te beneficia na economia do seu combustível. Uma calibragem errada, mal feita, ela prejudica o desempenho do seu automóvel, além de comprometer a segurança dos passageiros e do próprio condutor veículo.
Portanto o adequado é manter a calibração do seu carro em dias, a cada 15 dias deve-se fazer a calibração dos seus pneus, sempre com os pneus frios, e para que estejam frios é necessário que eles tenham rodado no máximo três quilômetros.
            Em eventos de Pressão Certa pelo Brasil, foi constatado que 45% dos condutores rodam com a pressão fora dos limites recomendados. E cerca de 20% desses casos são considerados muito perigosos, pois há risco de rompimento do pneu a curto e médio prazo.
            Sendo assim manter a pressão recomendada dos pneus garante uma maior durabilidade para a vida útil do seu pneu, e um melhor desempenho. Além de ser essencial para garantia da sua segurança.
            É importante que a pressão seja sempre a que foi recomendada pelo fabricante do seu veículo, e que pode ser encontrada em alguns carros na porta do motorista. Se esse não for o caso, no manual do carro está descrita a pressão adequada.
            Em casos de pneus de carros mais antigos é possível que as informações de calibragem não estejam disponíveis. Nestes casos vale então a calibragem máxima que esteja gravada na lateral dos pneus. Se o desejo for que o carro fique mais macio precisará usar uma graduação a menos para que o pneu não fique muito duro. Existem três sistemas para especificar a calibragem, são elas: PSI Pound Per Square Inch (Inglês), BAR (Inglês), e kPa - Pascal (SI - Sistema Internacional).
            Se você calibra o seu pneu em uma pressão abaixo da pressão recomendada, ela reduz a durabilidade do seu pneu em pelo menos 8.000 km. E com isso favorece riscos de explosões, aumento de consumo de combustível e acidentes nas pistas.
            A pressão ela é definida conforme a geometria do pneu e a carga do veículo de acordo com a regulamentação internacional (INMETRO). Com a calibragem incorreta os riscos são de: riscos de aquaplanagem desgastes dos ombros, e aumento do consumo de combustível.
            Alguns dos exemplos dos problemas e danos causados pela baixa pressão por rodagem é romper o revestimento interno da carcaça, pode ocorrer perda total ou parcial da banda de rodagem, estrias que são as dobras da borracha interna, deterioração de parte ou total da borracha interna.
            IMPORTANTE: A baixa pressão ela favorece o surgimento de deformação exagerada, compromete a dirigibilidade do veículo, favorece o surgimento de aquaplaning, e redução de 30% na durabilidade do pneu. Por que a área do pneu que tem contato com o solo diminui e reduz a aderência do pneu. Então o pneu que participa da suspensão do veículo, fica mais rígido. E pode ocasionar um desgaste prematuro da suspensão.
            CONSELHOS: Sempre tenha tampas nas válvulas de todos os seus pneus, calibre sempre pelo menos a cada quinze dias, e sempre antes de viajar, se o seu pneu perder 1,5 PSI/Mês há um grande risco de que está vazando pressão anormal, é necessário verificar o conjunto, desde o pneu a roda com um profissional que seja qualificado. Não se esquecer de verificar também a pressão do seu pneu estepe. Jamais desinfle um pneu que esteja aquecido.
Mesmo que seu pneu seja inflado com nitrogênio isso não exclui a verificação quinzenal da pressão dos seus pneus.


Enviar comentário







Veja Também





TOPO